Papo-de-Nerd: Nerd 2.0

Participei do OxenteRails 2009, Rails Summit 2009, CearáOnRails 2009 e agora OxenteRails 2010 e ficou claro que uma nova cultura nerd está se espalhando cada vez mais rápido. Essa nova cultura nerd eu chamo de Nerd 2.0.

O ponto chave é que não dá mais para ficar somente na frente do computador (nerd 1.0). Agora o Nerd tem que ser sociável, tem que equilibrar seu gosto por tecnologia com seusrelacionamentos interpessoais, seja com amigos, trabalho ou o que for (Nerd 2.0).

A tecnologia é importante sim, mas ela deve estar sempre em função das pessoas e nunca o contrário.

Durante o OxenteRails 2010, uma das booth babes me falou que se surpreendeu com os participantes, pois eles não se isolavam. Sempre tinha alguém para tirar alguma dúvida com elas, para pedir para colocar os postits no quadro de feedback, para chamar para jogar video game junto com eles, para tirar fotos, ou seja, estavam sempre interagindo. Ela complementou que a idéia distorcida que ela tinha do nerd anti-social mudou completamente.
Outro depoimento foi da representante do SEBRAE que chegou no evento e imaginou: Como é que eu vou fazer para explicar os recursos que posso oferecer num local que só tem nerd? Mas o tempo foi passando e logo
ela detectou que ali tinha consultores, professores, desenvolvedores, ou seja, Nerds sociáveis e produtivos.

A própria estrutura do evento foi organizada para facilitar interações entre indivíduos. O Ignite OxenteRais que começou na quinta-feira é um ótimo exemplo disso. O Ignite é um mini evento informal em que as pessoas palestravam durante 5 minutos, trocavam idéias e faziam amizades. Nos dias 6 e 7 de agosto, no final da programação oficial, os participantes se reuniam em algum barzinho da cidade, esse outro mini evento se chama #horaextra.

Alguns dos nerds 2.0 que estavam no Oxente Rails tinham inclusive vocações artísticas. Nesse quesito eu cito o Cukier que recebeu o prêmio da mais bela voz, com o Forró do Elomar e também a Banda Plataformatec fazendo uma performance com vocal e guitarra em um jogo do playstation.

Cito agora o Henrique Bastos: Esse ambiente de confraternização permite ir além do que ampliar a rede de contatos. Permite a criação de uma rede de confiança, que é muito mais significativo para a comunidade e para cada participante.

Um conjunto de idéias bem significativas que representa essa nova visão você pode encontrar no Manifesto Pequenas Ações (Small Acts), com o slogan: Pequenas ações fazem grandes revoluções.  Qualquer um pode se cadastrar e se associar a esse manifesto.

Não podia deixar de colocar aqui outro ponto: A participação feminina no evento. Apesar da grande maioria serem homens, tivemos Cecilia Fernandes palestrando sobre metodologias ágeis,  Tahis Camilo que mostrou o dia-a-dia do seu trabalho na Hashrocket e por fim, a Gleide, que palestrou sobre Ti Verde na desconferência. Portanto o Nerd 2.0 não pode mais dizer que tecnologia é coisa de homem. As mulheres, apesar de estarem em pequeno número, mandaram bem!

E então? Tá esperando o que?

Se você anda passando tempo demais no computador e se esquece da importância da socialização (Nerd 1.0)  fica aqui o alerta: Faça um Git Clone desse novo formato de ver o mundo da tecnologia e atualize a sua visão Nerdpara a versão 2.0.

Bônus: Se você ainda tem um pouco de dificuldade de fazer o upgrade para a versão Nerd 2.0, não entre em pânico. Essa mudança pode ser feita de forma gradual. Portanto, se essa idéia fez com que você se preocupasse, tente descontrair um pouco. Para isso, acesse Fuças – a revista de fofocas nerd criada pela comunidade do Piauí. Outro site que vai te ajudar a se descontrair e ganhar confiança para o upgrade é o site de tirinhas nerd: nerdson.

Bônus 2: Não deixem de acessar também o post criado por Alexandre Gomes: Manifesto 2.0

Quem tiver algum depoimento a respeito desse tema pode deixar seu comentário aqui.

Um abraço e até o próximo Papo de Nerd!